chico@chicoamaral.com.br 
Inicio
Discografia | Álbuns

Plural

Álbum: Plural
Chico Amaral, Lô Borges, Samuel Rosa, Beto Guedes, Flávio Renegado e Leo Minax
Ano: 2018
Formato: CD


Disco de Chico Amaral, que reúne 11 canções com diversos parceiros: Lô Borges, Samuel Rosa, Beto Guedes, Flávio Renegado e Leo Minax. Esse trabalho representa uma volta do músico – Chico é um saxofonista atuante na música instrumental – às suas origens cancionistas. Nele o artista se sente à vontade para cantar, tocar diversos instrumentos, tais como violão, guitarra, piano e sopros, dando sua visão particular sobre tais obras. O disco se realiza, portanto, como uma reflexão sobre a canção, sua presença marcante na vida desse músico.

A faixa que abre o CD chama-se Dupla Chama, parceria recente com Lô Borges. Tem a participação especial da cantora Marina Machado, que divide os vocais com Chico Amaral. É uma balada pop simples e envolvente, onde Chico apresenta violões e guitarras.

A segunda faixa apresenta uma parceria com Flávio Renegado, Sobre Peixes, Flores e Você. Concebida como samba-funk, apresenta também um rap cantado por Renegado, o segundo convidado especial.

Réu e Rei, a terceira faixa, de Samuel Rosa e Chico Amaral, foi uma das primeiríssimas parcerias da dupla. Aqui, numa versão mais “cha cha cha”, com a guitarra santanesca de Amaral.

A próxima é A Nave, bossa nova pop de Leo Minax, com letra cinematográfica de Chico. No final, uma longa inserção psicodélica, com guitarras, vocais e efeitos de teclados. 

A quinta faixa, Tempo Novo, é uma música assinada, letra e música, por Amaral. Denota certa influência, talvez, do Clube da Esquina, com acentos coltraneanos no solo de sax tenor.

Em seguida, A Oca Tupi n.2, música que se inspira na ingenuidade sofisticada de João Donato. Apresenta a letra mais curta do disco: “terra limpa, terra boa/ água pura, água da lagoa/e tão linda a gente/ a oca tupi”

O Trem, sétima faixa, é uma versão para “The City Of New Orleans” de Steve Goodman. Chico manteve o estilo country original. A letra em português foi feita em 1983, e traz o trem para paisagens mineiras.

Dias Assim traz a melodia inspirada e o bom gosto harmônico de Beto Guedes. A letra emociona, um canto sobre a imensidão e a solitude de toda vida. A guitarra de Amaral tem notável destaque aqui.

A faixa número nove é uma parceria de Chico, letra e música, Lô Borges, música, e Gilberto Sáfar, letra. Melodia e harmonia interessantes, é uma das faixas que mais agradam aos músicos.

O samba-canção Retrato de Uma Dama é uma homenagem a Billie Holiday. Chico toca violão, piano e sax soprano, e assina a composição.

A faixa número onze é Bolero, letra e música de Chico Amaral, que termina com um longo solo de sax tenor, novamente com reminiscências coltraneanas.




 






Página Inicial